Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Sistema de Cotas no RJ continua

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça acatou hoje, a manifestação da Procuradoria Geral do Estado solicitando o adiamento da validade da liminar referente ao sistema de cotas, determindo a inconstitucionalidade da lei do Estado do Rio.

Através desta decisão, os vestibulares da Uerj, Uenf, e Uenzo acontecerão de acordo com a lei que estipula as cotas para negros, indígenas, estudantes da rede pública e pessoas com deficiência.

Esta decisão dividiu desembargadores que por maioria aprovaram a solicitação do estado. Várias entidades relacionadas aos movimentos negros comemoraram a decisão.

O deputado estadual Flávio Bolsonaro, autor do mandado de segurança que pedia a anulação do sistema de cotas, afirmou que irá recorrer.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment