Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Sindicância na UFF

 

Foi determinado pelo reitor da UFF (Universidade Federal Fluminense) sr. Roberto Salles, a abertura de uma sindicância para apurar a denúncia divulgada na imprensa, onde durante um trote na Faculdade de Direito, uma das calouras tenha sido obrigada a se submeter à práticas sexuais por um determinado grupo de veteranos.

Através de um nota divulgada no útlimo domingo, o próprio reitor afirma que a UFF não apoia qualquer tipo de ação discriminatória dentro da instituição de ensino e repudia a atitude de alunos veteranos que recebem calouros com trotes violentos.

Informou também que há oito anos a universidade se comprometeu em assumir ações para mudar o perfil do trote universitário. A maioria dos diretórios acadêmicos, recebem os calouros por meio de campanhas com objetivos socioculturais e voluntários, visando valorizar a prática da cidadania, do respeito à vida e ao meio ambiente.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment