Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Puc Rio Bolsa Reembolsável

O Programa de Bolsa Reembolsável / PUC, adota os procedimentos estabelecidos a seguir:

1) Toma-se como ponto de partida a renda bruta de cada família, daí deduzindo, de acordo com percentuais pré-definidos, as despesas familiares como: gastos em habitação, educação, descontos obrigatórios em folha de pagamento, tratamento de saúde, e outras, para obter-se, então, o quociente corrigido;

2) A partir do quociente corrigido, o valor encontrado será, então, dividido pelo número de membros da família (efetivamente comprovados pelo candidato a Bolsa) para encontrar-se a renda per-capita;

3) Será também analisada pela equipe de Serviço Social a situação patrimonial da família, através da declaração de bens, enviada à Receita Federal;

4) Estipula-se o quanto deverá pagar o candidato, de acordo com o resultado obtido para concessão de reduções. Quando calouro, terá prioridade, sempre, o candidato ingresso através do ENEM ou da 1ª chamada do concurso vestibular. Havendo disponibilidade orçamentária, serão atendidos, respectivamente, os candidatos de 2ª, 3ª e 4ª classificações no vestibular. A Bolsa Reembolsável tem validade para um período letivo, a partir do mês subseqüente à data do resultado, até o último mês do semestre, portanto até Junho ou Dezembro(independente do mês do início, significando que as parcelas vencidas anteriormente ao resultado, deverão ser quitadas pelo aluno candidato a bolsa). Para o VESTIBULAR DE INVERNO (meio do ano, para o 2º semestre) a PUC-Rio NÃO CONCEDE BOLSAS DE ESTUDO. Também não serão atendidos os alunos portadores de diploma de nível superior(que já têm graduação anterior) ou transferidos de outras Instituições de Ensino Superior;

5) O aluno bolsista devolverá à PUC-Rio, depois de formado e em benefício de futuros bolsistas, a bolsa recebida, de acordo com contrato assinado por ele, seu responsável e seu avalista;

6) A Bolsa cobre as mensalidades, não envolvendo, portanto, taxas, emolumentos, cursos de verão ou de extensão.

PRAZO PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA DE BOLSA REEMBOLSÁVEL/PUC, EXCLUSIVAMENTE PARA O CANDIDATO QUE TENHA SIDO HABILITADO À MATRÍCULA NA PRIMEIRA CONVOCAÇÃO DO VESTIBULAR 2010: DE 01 A 04 DE DEZEMBRO DE 2009.

A Vice-Reitoria Comunitária somente aceitará inscrições dos candidatos que entregarem os formulários, devidamente preenchidos e de forma impressa, junto com a documentação exigida, de 01 a 04 de dezembro de 2009, IMPRETERIVELMENTE, adotando então os seguintes passos:

A) Agendamento de entrevista com Assistente Social;

B) Todos os casos serão estudados de forma comparativa, com o objetivo de DAR MAIS A QUEM NECESSITA MAIS;

C) Após realização das entrevistas,será divulgado o RESULTADO DOS BOLSISTAS SELECIONADOS através de publicação no mural da Coordenação de Bolsas e Auxílios e não serão aceitos recursos ou pedidos de reavaliação e/ou revisão;

D) Os candidatos não selecionados poderão solicitar a devolução dos documentos entregues no ato da inscrição, no prazo de 30 dias da data da publicação do resultado final. Após este prazo, os documentos não retirados serão eliminados

IMPORTANTE: Grupo Familiar: serão considerados como membro do grupo familiar (a ser comprovado na entrevista com Assistente Social): o próprio candidato (seu cônjuge e filhos), pai, mãe, irmãos e avós (que, comprovadamente residam e sejam dependentes da família do candidato a bolsa).

Etapas do Processo de Solicitação de Bolsa REEMBOLSÁVEL / PUC

O processo de solicitação de Bolsa Reembolsável / PUC consiste nas seguintes etapas:

1ª Etapa: Organizar os Documentos

Relação de Documentos para Inscrição de BOLSA REEMBOLSÁVEL/PUC

O candidato a Bolsa deverá apresentar FOTOCÓPIAS dos seguintes documentos:

Declaração de Imposto de Renda, completa (com todas as páginas), incluindo a “declaração de bens” e observando: a) incluir cópia do recibo de entrega à agência bancária; b) se preenchido em disquete ou por internet, anexar cópia gráfica de todas as informações prestadas; c) tantas cópias quantos sejam os declarantes (pessoas físicas e/ou jurídicas com rendimentos e/ou bens a declarar), lembrando que, se isento de declarar, o comprovante deve também ser apresentado;
Comprovantes de rendimentos mensais: contra-cheques, recibos de aluguéis, pró-labore, ou quaisquer outros comprovantes de rendimentos, relativos a receitas auferidas pelo aluno e/ou seus responsáveis;
Comprovante de residência de todos os membros do grupo familiar;
Contas telefônicas, de todas as linhas usadas pelo aluno e/ou por seus responsáveis;
Conta de luz, do imóvel em que o aluno reside;
Conta de gás, do imóvel onde o aluno reside;
Recibo de aluguel ou amortização empréstimos imobiliários, pago pelo aluno e/ou por seus responsáveis;
Recibo de condomínio, pago pelo aluno e/ou por seus responsáveis;
Recibo de IPTU, pago pelo aluno e/ou por seus responsáveis;
Recibo de plano de saúde, pago pelo aluno e/ou seus responsáveis;
Recibos referentes a gastos com educação, do aluno e de outros membros da família, pagos pelo aluno e/ou por seus responsáveis;
Outros comprovantes de rendimentos e despesas declarados no questionário.
Comprovante de separação ou divórcio dos pais, ou certidão de óbito, no caso de um deles não constar do grupo familiar do candidato por estas razões. Por outros motivos, declaração de próprio dos pais declarando não serem responsáveis financeiramente pelo aluno.
Histórico escolar da PUC (somente para veteranos – Emitido pelo DAR)
São considerados comprovantes de rendimentos:

se assalariado, os últimos 3 contracheques ou Carteira de Trabalho atualizada;
se trabalhador autônomo ou profissional liberal:
b.1 – declaração de Imposto de Renda Pessoa Física(IRPF) e respectiva notificação de restituição ou declaração anual de isento (DAI) ou declarações tributárias referentes a pessoa jurídicas vinculadas, quando for o caso;
b.2 – guias de recolhimento de INSS dos três últimos meses, compatíveis com a renda declarada;
b.3 – extratos bancários dos 3 últimos meses, pelo menos.
se proprietário de empresa
c.1 – declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) e respectiva notificação de restituição ou declaração anual de isento (DAI)
c.2 – declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), bem como quaisquer outras declarações tributárias referentes a pessoa jurídicas vinculadas,
c.3 – extratos bancários dos 3 últimos meses, pelo menos.
d) se aposentado ou pensionista, os 3 últimos comprovantes de recebimento de aposentadoria ou pensão.
2ª Etapa: Preenchimento do Formulário Eletrônico

www.puc-rio.br + Reitoria, Vice-Reitorias e Centros + Vice- Reitoria para Assuntos Comunitários + Bolsas e Financiamentos + Bolsa Reembolsável/ PUC
Os alunos devem preencher o Formulário de Solicitação de Bolsa através dos links:

Alunos com matrícula

1) Para alunos veteranos, os quais deverão preencher Matrícula e senha do PUC online para ter acesso ao Formulário de Solicitação de Bolsa.

2) Para calouros que já tenham efetuado matrícula e possuam senha do Puc Online, os quais deverão preencher Matrícula e senha do PUC online para ter acesso ao Formulário de Solicitação de Bolsa.

Alunos sem matrícula

Para calouros, mesmo que já tenham efetuado matrícula, mas que não tenham senha do PUC online, os quais deverão clicar em Primeiro Acesso para cadastrar senha de acesso ao Formulário de Solicitação de Bolsa. Após confirmação da senha o calouro deverá retornar ao link Alunos sem matrícula e preencher CPF e senha para dar início ao preenchimento do referido Formulário.

Atenção: A senha do PUC online é feita na D.A.R. e além de permitir acesso ao Formulário de Solicitação de Bolsa permitirá que o aluno acesse todas suas informações acadêmicas.

Ao término do preenchimento das etapas do Formulário de Solicitação de Bolsa o candidato deverá Finalizar a Ficha, Confirmar e Imprimir o referido Formulário. Até a Confirmação os dados poderão ser atualizados ou alterados.

Atenção: Para preenchimento do Formulário de Solicitação de Bolsa, a PUC disponibiliza aos alunos e visitantes a sala de multimídia, na Biblioteca Central, edifício Frings, 3º andar, e somente para alunos o laboratório do RDC, no edifício Rio Datacentro.

3ª Etapa: Entrega dos documentos e do formulário para a Vice-Reitoria Comunitária (VRC)

O FORMULÁRIO IMPRESSO deverá ser entregue à VRCom junto com os documentos solicitados. Tudo dentro de um envelope. Neste dia será agendada sua entrevista com a Assistente Social.

Contrato Devedor Solidário

CONTRATO:
Os candidatos selecionados, seus responsáveis e seus avalistas deverão preencher o contrato de bolsa reembolsável, devolvendo-o, no prazo máximo de 30 dias após a data da publicação do resultado, com TODOS OS DOCUMENTOS EXIGIDOS E RESPECTIVAS ASSINATURAS.

Relação de Documentos do Devedor solidário:
Apresentar originais e fotocópias (se for caso, inclusive do cônjuge)
1. Identidade (apresentar também do candidato)
2. CPF
3. Comprovante de Residência
4. Comprovante de Rendimentos Mensais

DEVEDOR SOLIDÁRIO:
O candidato selecionado com bolsa reembolsável, deverá apresentar um devedor solidário com renda comprovada de, no mínimo, duas vezes o valor da mensalidade integral do curso em que está matriculado na PUC-Rio. O devedor solidário e seu respectivo cônjuge deverão gozar de idoneidade cadastral, ficando a Universidade autorizada a realizar consulta em cadastros restritivos em nome de ambos à época da contratação e do aditamento semestral.

O devedor solidário poderá ser substituído a qualquer tempo, a pedido do aluno bolsista, condicionada a substituição à anuência da PUC-Rio.

Aditamento Bolsa Reembolsável para 2011.1

O prazo para a renovação da bolsa reembolsável foi PRORROGADO até 19/04, impreterrivelmente. Informamos que neste dia o atendimento será até às 20:00h.

Telefones: 3527-1352;
Fax: 3527-1361.
e-mail: [email protected]

Show CommentsClose Comments

Leave a comment