Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Doença de Chagas

O Simpósio Internacional do Centenário da Descoberta da Doença de Chagas acontecerá entre os dias 8 e 10 de julho, no Rio de Janeiro.

Em 1909, Carlos Chagas, pesquisador do Instituto Oswaldo Cruz (IOC), comunicou ao mundo científico a descoberta de uma nova doença humana. No ano anterior, Chagas já havia sido capaz de identificar seu agente causal – o protozoário que denominou de Trypanosoma cruzi, em homenagem a Oswaldo Cruz – e o inseto transmissor, conhecido como barbeiro. A “tripla descoberta” de Chagas, considerada única na história da medicina, constitui um marco na história da ciência e da saúde brasileiras.

Como uma das Ações Comemorativas do Centenário da Descoberta da Doença de Chagas, o Simpósio incluirá apresentação de palestras e de mesas redondas, além de uma sessão de pôsteres, discorrendo desde a importância histórica até a discussão do corrente conhecimento científico, abordando os atuais desafios da doença.

Neste evento histórico internacional participarão estudantes, professores e pesquisadores. Serão convidados, cientistas renomados nacional e internacionalmente nas diferentes áreas de conhecimento da Doença de Chagas. O objetivo proposto é de contribuir para o preenchimento das atuais lacunas relacionadas ao conhecimento da doença de Chagas, bem como na proposição de medidas efetivas para sua terapia e manutenção de políticas de controle, através de uma programação multidisciplinar para sensibilizar e discutir, em profundidade, os mais recentes avanços da Doença de Chagas.

Para mais informações, acesse aqui o site da organização do evento!